Precisão, Estabilidade, Conforto e Segurança na Interpretação de Imagens para um Laudo Seguro

Dr. Raphael Scoppetta

 Medico assistente da Radiologia e Diagnostico por Imagem do InCor HC FMUSP, Coordenador do Aperfeiçoamento Médico em Radiologia e Diagnóstico por Imagem do InCor HC FMUSP, Médico Radiologista da Clínica de Diagnóstricos Dr. Luiz Scoppetta e Hospital São Camilo. 

Vivemos uma necessidade crescente de definição da qualidade mínima dos monitores que seriam capazes de gerar imagens de qualidade, com riqueza de detalhes, para o radiologista prover laudos com maior segurança e precisão. As imagens radiológicas apresentam diversos níveis de cinza, nem sempre perceptíveis pelos olhos humanos. Variações tênues da densidade radiológica podem ser mal interpretadas, gerando  diagnósticos errados e/ou imprecisos,com prejuízo ao paciente.

Esta questão é de fundamental importância na atual prática da telerradiologia,cenário onde “visualizadores” inapropriados (onde devemos lembrar dos smart-phones) ganham cada vez mais campo. A situação regulatória ainda indefinida e a discussão sobre o tema ganham relevância.

O monitor, nossa interface digital, deve apresentar características específicas para o conforto e segurança do profissional da Radiologia e Diagnóstico por Imagem. Aponto:

 

• Fidelidade e uniformidade na reproducão da imagem ao longo do tempo.

O radiologista deve ter a mesma percepção do tom de cinza em todas as

áreas da tela e a qualquer ponto da vida útil do monitor;

 

• Estabilidade de luminância mínima exigida para cada modalidade ao longo do

tempo, independente das variáveis do ambiente e da posição de uso do monitor.

Se o brilho do monitor se alterar, a percepção do tom de cinza também será

alterado, com prejuízo na interpretação;

 

• Conforto. Maximizar o conforto através de recursos tecnológicos avançados,

tornando o trabalho do radiologista mais produtivo e promovendo mais segurança

para a realização do laudo. Tudo sem compressão e/ou distorções de imagens,

com respeito aos padrões de ergonomia e utilizando equipamentos com

resolução adequada.

Em algumas subespecialidades, principalmente na mama, o maior detalhamento das imagens se faz ainda mais fundamental para um diagnóstico preciso. Por fim, destacam-se os monitores multimodalidades, projetados para avaliação das diversas subespecialidades, inclusive  exames de mama, eliminando-se a necessidade de aquisição de múltiplos monitores ou a necessidade de ir até outra estação de trabalho para  visualização de determinadas imagens. Nos casos apresentados a seguir, notamos um nítido ganho em qualidade nas imagens das coronarias  quando analisadas pelos monitores DICOM de alta resolução em relação aos monitores convencionais, proporcionando maior conforto para o diagnóstico pelo radiologista. A avaliação da morfologia da placa e o cálculo da estenose luminal foi precisa e altamente confiável com a utilização de monitores adequados.

ENTRE EM CONTATO

  • Facebook - White Circle

Envie sua mensagem

 RADIX - Soluções em Imagens  Médicas

Distribuidor exclusivo EIZO no Brasil

Alameda Tocantins, 125 Cj 1102

Barueri - SP - CEP 06455-020

Tel. (11) 3500-5782